Prata

HISTÓRICO: A prata é conhecida pelos egípcios desde o século V a. C.

OCORRÊNCIA NATURAL: A prata encontra-se tanto sob a forma elementar quanto sob a forma de minerais. Os principais deles são:

Argentita: Ag2S
Cerargirita: AgCl
Prustita: 3Ag2S . As2S3
Pirargirita: 3Ag2S . Sb2S3

Os maiores produtores mundiais de prata são: México, EUA, Canadá, Peru, Bolívia e Austrália.

PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICAS: Branca e brilhante quando maciça, a prata apresenta-se preta quando finamente dividida. Isso porque, quando pulverizada, os pequenos cristais, dispostos desordenadamente, dispersam a luz em todas as direções. É o metal que melhor conduz calor e eletricidade e, depois do ouro, é o mais maleável e dúctil. Muito mole quando pura, a prata é usada em liga com o cobre, na cunhagem de moedas.

Quando se adiciona uma base a soluções de sais de prata, forma-se um óxido castanho, Ag2O, que se dissolve em uma solução aquosa de amônia, originando o íon complexo [Ag(NH3)2]+. Na evaporação de soluções que contenham esse íon sobra um resíduo sólido, violentamente explosivo, cuja composição ainda não é bem conhecida; já foi descrito como amideto (AgNH2) e também como nitreto (Ag3N).

Dissolvendo-se a prata em ácido nítrico, forma-se o nitrato (AgNO3) com desprendimento de vapores nitrosos. Entre os compostos de prata são particularmente importantes os haletos: AgF, Ag, Cl, AgBr, AgI. Com exceção do fluoreto, são todos insolúveis em água e instáveis às radiações luminosas. O brometo é talvez o mais sensível à luz, sendo, por isso, usado na preparação de emulsões fotográficas.

UTILIZAÇÃO: Pelo fato de não sofrer alterações em presença de oxigênio, a prata é empregada para recobrir metais menos resistentes. Também é muito empregada em joalheria.


Curtir no Facebook

Joalheiros.NET

Escola de Joalheria e Ourivesaria
Av. República Argentina, 452 ● Curitiba ● PR
(41) 3342-5554 ● WhatApp 41 99115-5222