Terminologia

Pedras preciosas e semipreciosas. Todas as pedras preciosas e semipreciosas têm algo especial, algo bonito em torno delas. No passado somente poucas pedras eram classificadas como gemas, mas hoje há muitas; e novas gemas estão sendo descobertas durante todo o tempo. A maioria delas são minerais, algumas são rochas, algumas são de origem orgânica (como âmbar, coral e pérola). Mesmo fósseis são usados como materiais ornamentais. Não há uma linha demarcatória definida, podendo ser incluídos madeiras, ossos, vidros e metais. Alguns materiais desses grupos são apropriados para se fazer ornamentos (por exemplo, azeviche, marfim, moldavia e pepitas de ouro). Sintetizando pedras preciosas e criando materiais não existentes na natureza (por exemplo, titanato de estrôncio e YAG), a variedade de gemas disponíveis tem aumentado consideravelmente.

As pedras mais duras são próprias para joalheria, enquanto as pedras mais moles são freqüentemente procuradas por colecionadores amadores e lapidários sérios. As que não se ajustam completamente por causa da cor ou outra estrutura são denominadas variedades de gema.

As pedras “semipreciosas” referem-se à pedras mais moles, de menor valor, opondo-se às pedras preciosas. A designação ainda usada no comércio, mas não é uma expressão correta porque muitas pedras chamadas semipreciosas são mais valiosas que as “preciosas”. O termo melhor para todas é gemas.

Gemas. Nome coletivo para todas as pedras ornamentais. Não há uma linha divisória real entre as pedras mais ou menos valiosas e é, portanto, um sinônimo para pedras preciosas e semipreciosas.

Minerais. Mineral é um constituinte natural, inorgânico e sólido da crosta da Terra. A maioria dos minerais também tem formas definidas de cristais. Mineralogia é a ciência dos minerais.

Cristais. Um cristas é um corpo uniforme com um retículo geométrico. As estruturas variadas dos retículos são as causas das propriedades físicas variadas dos cristais e, portanto, também dos minerais e gemas. Critalografia é a ciência dos cristais.

Rochas. Rochas são agregados de minerais naturais e, geralmente, constituem unidades grandes. Areia e cascalho também são considerados rochas. Petrografia é a ciência das rochas.

Pedras. Popularmente, pedras é o nome coletivo para todos os constituintes sólidos da crosta da Terra. Para o joalheiro uma pedra é uma gema, para o arquiteto, o material usado para construção de ruas e casas. Na ciência da Terra, Geologia, não se fala em pedras, mas em rochas e minerais.

Jóias. Toda peça ornamental pessoal é uma jóia. Geralmente uma jóia refere-se a uma peça de joalheria, contendo gemas montadas em metal precioso. Referem-se a gemas lapidadas, desmontadas.

Curtir no Facebook

Joalheiros.NET

Escola de Joalheria e Ourivesaria
Av. República Argentina, 452 ● Curitiba ● PR
(41) 3342-5554 ● WhatApp 41 99115-5222