Curiosidades

A História dos trabalhos com metais nos informam que o ouro começou a ser utilizado 3000 AC pelos etruscos.
Sabe-se que os reis e faraós eram enterrados com seus bens materiais pois acreditavam em vida pós morte.
Esse hábito trouxe para nossa civilização infornações muito peciosas quanto ao estilo de vida dos nossos antepassados, pois as jóias encontradas nas famosas tumbas indicaram a tecnologia, hábito e referência estetica da época.

Muitas das técnicas de ourivesaria utilizadas naquela época continuam sendo aproveitadas até os dias de hoje, dentre elas fundição em cêra perdida, a qual foi desenvolvida pelos egípcios em 2000ac e o forno de fundição desenvolvido pelos gregos 1000ac.
Pedras Orientais :

• Esmeralda: cor verde, muito valiosa uma vez que não apresenta inclusões e pode ser opaca ou transparente.

• Rubi: cor vermelha, forte, sendo opaca ou transparente ..

• Safira: cores variadas, como azul, amarela, rosa , marrom, preta, lilás e verde opaca ou transparente. No entanto, a cor mais utilizada para joalheria é a azul.

Avaliação:
As Pedras preciosas são avaliadas pelos seguintes aspectos:

Cor: Quanto mais forte, maior seu valor.

Corte: Superfícies ou curvas devem ser simétricas e bem polidas.
Brilho: Deve ser acentuado no seu polimento.

Pureza: Refere-se as inclusões (características internas). Na maioria, as inclusões abaixam o valor da pedra.

Pérolas:
As pérolas são formadas em moluscos de água salgada e em moluscos de água doce (ostras). São identificadas por seu local de origem, por exemplo, pérolas do Rio Biwa, no Japão, dão origem as famosas pérolas Biwa. Ou as pérolas cultivadas no Pacífico Sul, as mais valiosas do mundo, são chamadas de South Sea.
A sua formação dá-se através de um depósito de qualquer elemento (geralmente, um grão de areia) dentro de um molusco que ao "irritar" o mesmo, este libera uma secreção (nacre) dando origem a pérola.
As pérolas cultivadas ou desenvolvidas são aquelas que recebem o corpo estranho propositalmente pelo homem.
Suas cores são variadas, e as mais utilizadas para joalheria são as brancas e pretas.

Diamante ou Brilhante?
Diamante é o nome dado à gema ou a pedra?
A origem dos Diamantes - A pedra do desejo.

Do grego "Adamas" significa inquebrável, para alguns eram estilhaços das estrelas que chegavam a terra, para outros eram lágrimas dos Deuses. No entanto , sua origem é tão misteriosa quanto o fascínio que ele exerce. Pois trata-se das mais simples das composições, o carbono comum ,como o grafite de um lápis, que ironicamente é um dos minerais mais moles, mas que à 150 Km abaixo do nível da terra a uma temperatura acima de 1200C ,
intensa pressão causada pelo peso de rochas e 3 bilhões de anos, cristalizou-se até emergir e romper a superfície da terra em forma de diamante.

Diamante ou Brilhante?
Diamante é o nome dado à gema ou a pedra.
Brilhante é o tipo de lapidação com 58 facetas .
Dicas para manter o brilho das jóias

Verifique periodicamente suas jóias, para ver se elas estão em bom estado.
Uma dica importante é não usar aquela velha caixa de jóias que amontoam tudo, causando riscos e amassamentos nas peças. Elas devem ser acondicionadas uma a uma, em embalagens especiais, embrulhadas em papel de seda ou numa flanela. As esmeraldas são as pedras que mais sofrem nos "porta-jóias-lotados", podendo quebrar facilmente.
Não é necessário nada mais que uma flanela limpa para dar brilho a uma jóia. Em caso de limpeza mais profunda, no entanto, mande dar um polimento profissional na sua joalheria de confiança.

Curtir no Facebook

Joalheiros.NET

Escola de Joalheria e Ourivesaria
Av. República Argentina, 452 ● Curitiba ● PR
(41) 3342-5554 ● WhatApp 41 99115-5222